quinta-feira, 23 de outubro de 2008

MEDOS


Sim,
Simples assim,
Como as flores que desenhei em mim.

Não é metáfora,
é razão;
Desenhei as flores com a mão!

Com fé,
Desenhei a primeira
Quase no pé.

Flores de criança
Como quem se lança
mas que balança.




Como rimas pobres
Que brincam de poema;
Mínimo fonema.

Ontem o que passou
Esqueço... revivo
Paro...respiro.

E vou.
E vôo.

15 comentários:

cheguevara disse...

volar, volar+
no perder las ganas*
abraccio y buena foto+
CHE

rm disse...

Gostei do hai kai e da flor.

Onde são as outras tatuagens mesmo?

Aline Christall disse...

Paro, respiro e vôooo...vôoo
Você é efêmera.

Salve Jorge disse...

Sábios são os aedos
QUe sabem cantar seus medos
Aprendi desde cedo
Que engano ledo
É não cantar
Deixar de voar
Simples assim
Já que nesse jardim
Tem tanto jasmim
Tanto sem fim
Que eu por mim
Me atenho a destoar
Me entregar ao mar
Ah, mar
Que com um par
Não se há de parar
Há de passar
Com força de furacão
Já que eles passarão
E nós, passarinho...

Gazeta na net disse...

olá,
sabes há flores que são desenhadas dentro de nós, e essas flores mostram aquilo que somos, são dessas flores que te referes?
Bom fim de semana
Fica bem

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Juliana, bela fotografia...Belo texto...Paro respiro e vôo...Espectacular...
Beijos

Bruna Assagra disse...

Delicado poema, como a delicadeza da sua pessoa.
Beijão Linda

João Olavo disse...

Lindo poema..leve..lindo
abraço

Luis Gomes disse...

Vou em vôo, minha querida. Lindo. Beijo e boa semana.

Carolzita! disse...

Lindo poema!!

O pior homem do mundo disse...

Olá, Ju.

Há dias o RM convidou-me a visitar-te e tenho-o feito, secretamente.

Depois de centenas de homens te dizerem que tens uns olhos lindos e ainda que sempre saiba ouvir de novo, seria uma banalidade dizer-te o que já bem sabes.

Medos?...

Há tempos li algures num livro (Steinbeck?) algo sobre o medo:

Dizia que se o pescador de pérolas tivesse receio de mergulhar nunca alcançaria a pérola...

Estou quase determinado a sumir da blogosfera (http://opiorhomemdomundo.wordpress.com), por isso não sei se voltarei.

Então, um beijo...

(que pode bem ser o único)

Celine disse...

=D
Linda!

Voa, borboletinha.
beijos

João da Silva disse...

Fotos sensualíssimas... se tiver tempo de percorrer meu blog, vai perceber que uma delas deve ter-me causado uma impressão toda especial. Mas só se tiver tempo.
Beijos para lá de carinhosos, do João

blogdosirmaos disse...

Como sempre esbanjando charme hein amiga! E aí, tem visto os posts do cara lá do Blog dos Irmãos, que fala sobre teatro? e você, o que tem feito de bom? um grande beijo do seu amigo!!

Roberto Sena
www.sampameulugar.wordpress.com

João da Silva disse...

Linda, que tal abrir espaço para acompanhamento público? Eu gostaria de seguir seu blog.
Beijos carinhosos do João