sexta-feira, 22 de abril de 2011

DAS MUDANÇAS




Já vai fazer um ano e dois meses que o Téo nasceu.
Eu-mãe também.
Agora sem mil monstros e duas mil ansiedades que reinavam na mente.
E sem saber onde vai dar essa história de cada dia sentir um amor maior, imenso, infinitamente.
Haja fé, viva o dia-a-dia.
Eu que queria ser grande, rapidamente Doutora, hoje só quero reaprender a ver o mundo como os pequeninos.
Como é difícil ser mínimo.
Ainda bem que sempre fui cores e dó ré mi fá sol lá, sem dó. Isso ajuda a me aproximar do menino.
E continuo amando doces, vinho, sexo, trabalho, descanso, família, viagens, caminhada, música, livros, filmes e amigos.
Outras coisas e bolhas de sabão.
Só que tudo, tudo tem um gosto, um cheiro, um som, um toque, uma visão de filho.
E ainda uma intuição.
Corpo de mulher; já não me preocupo tanto.
Mas desmonto ao ver aquele meu mini pé, mini mão, mini pessoa, que encanto!
Digo meu, mas sei que é do mundo.
(Mãe pode ser um pouco egoísta.)
Mãe pode tudo.
Mãe faz tudo, porque quando precisa, descobre um poder que nem sabia que tinha.
(Isso é só um ano e dois meses...)
E vai uma, duas... uma duas vidas ou duas uma vida.
Tá escrito, um dia, para entender melhor, volto nesse registro.

10 comentários:

Guigo disse...

Essa mania linda de ser como você é! Parabéns, novamente, por seu filho, por estas alegrias todas! Sabemos que o máximo carrega muitos mínimos, e são eles que nos despertam o olhar! Beijo grande!

Flavio Ferrari disse...

Da para ser mãe e postar também ... mas a primeira função é mais importante, reconheço ...

Anônimo disse...

Boa noite intrigante post , amei bastante, talvez poderiamos tornar-nos blog palls :) lol!
Tirando as brincadeiras o meu nome é Cristiano, e como tu publico paginas se bem que o tema principal do meu espaço é muito diferente de este....
Eu desenvolvo sites de poker sobre dinheiro gratis para jogar poker online sem teres de por do teu bolso......
Amei imenso aquilo li aqui nesta 2a visita
Virei aqui mais vezes
Ps:Peço desculpa pelo meu portugues ruim

Luis Gomes disse...

Te ler é sempre maravilhoso. Beijos na tua poesia.

lin disse...

pretty good post. I lawful stumbled upon your blog and wanted to command that I get really enjoyed reading your blog posts. Any condition I’ ll be subscribing to your maintain and I hope you despatch again soon bridal jackets.

Tudo ou nada ... disse...

Que lindo este bb ... Deus os abençoe imensamente.
bjos

Anônimo disse...

http://escapismospleen.blogspot.com

Rosângela Zorio disse...

Maravilhosamente doce, simplesmente lindo! Amei.

Francisco Coimbra disse...

«Ainda bem que sempre fui cores e dó ré mi fá sol lá, sem dó. Isso ajuda a me aproximar do menino», li(n)do!

Leila disse...

Adorei seu blog!
Abraços.