quarta-feira, 3 de junho de 2015

Porque alta vive...



É lua cheia
Um feminino em mim passeia.

Não é delicado
Não é sensível
Não é subjetivo.

É intenso
Cruel
Agressivo.

Ímpeto e tempestade
Algo que arde.

Ser mulher
-Não defino-
Só cada uma sabe o que é.

Um corpo perene
Nada frágil
Que sangra
Que pari

E traz dentro muitos desejos.

Ser mulher
Só cada uma sabe o que é.

Com seus medos
Seus anseios
Seu segredos.

Mulher que tece
Que leite fornece
Que espera
Que não faz guerra.

Mulher que voa
Mulher que sonha
Nenhuma santa
Nem demônia

Nem criadora
Nem criatura.
Só uma.


Mulher...

3 comentários:

Salve Jorge disse...

Mulher
Melhor
Milhas
Molhar
Mil ilhas
Até teu mar
Há mar
Ao mar então
Para todo rio
Condição
Eu rio
Sinuosamente passeio
Pelo mundo
Pelo teu meio
Pelo teu seio
Sei o anseio
Fecundo
Que jaz no teu profundo
Daí que me deslumbro
E venero a deusa que há em ti
Mulher...

Luis Antônio Paim Gomes disse...

Lindo!!! Beijos

Luis Antônio Paim Gomes disse...

Muito bonito. Beijo