sábado, 18 de agosto de 2007

AGRIDOCE

Dias talvez. Tudo o que se quer e abre os braços para você. E nada abate. Papo, suco, por-do-sol. Rebate. Cansaço, inconformismo, dependência, vícios e mudanças em-fim. Luar, estrelas e pirlimpimpim. E um pouco de surrealismo. A vontade de viver à vontade. Bem-vindas as diferenças, sempre.

2 comentários:

Daniel Caron disse...

Muito bom ler seus textos aqui no blog. Adorei o tudoazulzim...

Já tá linkado.

Bj

Luis Gomes disse...

O som das palavras, das palavras, leio os teus textos em voz alta. Beijos